Lei de Acesso
 

Faça sua busca pelo site


Notícias

natal.rn.gov.br » Notícias » Notícias

04/10/2018 16:00
  • SEMUL e CMDM emitem nota de repúdio sobre caso de violência em Natal

A Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SEMUL) e o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) da cidade do Natal vêm manifestar publicamente seu mais profundo repúdio e indignação aos atos bárbaros cometidos pelo advogado criminalista, servidor público, Bruno Saldanha Farias, ao agredir, em sua residência, a sua esposa e seu filho, um bebê de 10 meses o jogando contra o chão, fato o qual motivou a condução de tal criança para um hospital em Natal.

 

Esse lamentável ocorrido reforça o machismo e sexismo exacerbado existentes na sociedade, que ainda preserva características patriarcais onde homens se utilizam da violência doméstica e familiar para subjugar, desqualificar e ameaçar o direito das mulheres como uma forma de poder e controle sobre as suas vidas e seus corpos, configurando uma concepção formulada por uma sociedade que permanece estruturalmente machista. Porém, nada justifica atos de selvageria contra uma mulher e uma criança completamente indefesa.

 

Assim, exigiremos das autoridades policiais e judicias a plena efetivação da Lei Maria da Penha frente ao caso, para que o agressor seja punido dentro do rigor desse instrumento jurídico, pois o enfrentamento a todas as manifestações que legitimam, naturalizam ou justificam a violência de gênero é uma pauta fundamental para a construção de relações sociais mais justas e igualitárias.

 

Dessa forma, reforçamos nosso total repúdio ao fato ocorrido no último dia 03/10/2018 contra uma mulher e uma criança na cidade do Natal e reafirmamos o compromisso com o respeito aos direitos humanos das mulheres e o reconhecimento da mulher como ser de direitos; a luta cotidiana por uma educação que favoreça uma cultura não sexista capaz de combater o machismo e a violência contra as mulheres e meninas; o fim das relações de opressão existentes na sociedade e o enfrentamento a toda e qualquer forma de violência contra a mulher ou qualquer outro ser humano.

 

Portanto, reiteramos a nossa solidariedade e apoio às vítimas e seus familiares pela violência sofrida, constrangimento, desrespeito e violação aos seus direitos humanos.

 

Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres de Natal

Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Natal
 


Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Twitter   Enviar por E-mail   Gerar para Arquivo/Imprimir  
SEMPLA desenvolvimento. Seguimos as seguintes recomendações de projeto: w3c_aa w3c_xhtml w3c_css