Abertura do 29º Enconat tem participação especial da Banda Sinfônica da Cidade do Natal


Abertura do 29º Enconat tem participação especial da Banda Sinfônica da Cidade do Natal
Foto: Manoel Barbosa/SME

O auditório do Centro Municipal de Referência em Educação Aluízio Alves (Cemure) na noite desta terça-feira (14), ficou repleto de apreciadores do canto coral para a abertura oficial do 29º Encontro de Corais da Cidade do Natal e 21º Encontro Nacional de Coros em Natal (Enconat). O evento é promovido pela Prefeitura do Natal e organizado pela Secretaria Municipal de Educação, e acontece de 14 a 18 de novembro, sempre às 19 horas. Participam nesta edição 44 corais de várias cidades. O Enconat integra a programação do Natal em Natal.

Na solenidade de abertura, a titular da SME-Natal, professora Cristina Diniz afirmou que é um momento para festejar a música do canto coral. “Que emoção ver esse auditório repleto de pessoas que vieram apreciar a arte dos corais e coros. É uma satisfação abrir mais uma edição do Enconat, um evento grandioso do nosso Nordeste, e este ano, com cinco dias de evento, além das apresentações dos corais infantojuvenis e apresentações paralelas. Gostaria de ressaltar minha admiração pelas nossas professoras do Coral Municipal “Sons da Terra”, se estendendo de forma bastante especial para a professora Rosângela Albuquerque, por tantos anos de dedicação e amor ao canto coral”, declarou a professora Cristina Diniz.    

A primeira apresentação ficou por conta da Banda Sinfônica da Cidade do Natal, regida pelo maestro Willames S. Costa e a segunda apresentação realizada pelo Coral Municipal “Sons da Terra”, regido pela professora e maestrina Rosângela Albuquerque. No repertório o clássico “Fico Assim Sem Você” de Abdulah com arranjo vocal de Willames Costa, “Do Lado de Cá” de Jaime Ramos com arranjo de Thiago H. X. Rodrigues e a canção “Alguém na Multidão” de Rossini Pinto com arranjo de Eduardo Dias Carvalho.

“É uma alegria muito grande reunir corais de diversas partes do Brasil. O Enconat a cada ano tem ocupado um espaço importante e fundamental como uma grande mostra do trabalho realizado pelos corais da nossa cidade e interior do RN, além de promover o intercâmbio com coros advindos de outros estados, estimulando a formação de novos grupos e projetos musicais”, ressaltou a professora Rosângela Albuquerque.  

Já o regente Eli Cavalcante, que se apresentou com os grupos Coral do TRE/RN e Coral Canto do Povo/RN, relembrou que começou no coral tocando piano, em uma edição do Enconat. “Depois comecei a reger corais e me sentir realizado. Sinto-me acolhido pelo público, porque você vê que eles cantam juntos, tem uma energia boa nos aplausos e isso é muito especial. Fico extremamente de coração aquecido e feliz, todas as vezes que venho para o Enconat”, afirmou o regente.    

“O Enconat é a semente que alimenta o canto coral no nosso Rio Grande do Norte”, expressou o maestro Kleber Praxedes, que se apresentou na noite com o Coral Em Canto/RN.  

Durante o 1º concerto oficial do Enconat 2023, subiram ao palco do Cemure, a Banda Sinfônica da Cidade do Natal, Coral Municipal Sons da Terra, Coral do TRE/RN, Camerata de Vozes do RN, Coral Em Canto – AEAP/RN e o Coral Canto do Povo.

Anterior:
Próximo:

Logo da Prefeitura de Natal
R. Ulisses Caldas, 81 - Cidade Alta, Natal - RN, 59025-090 - Ouvidoria Geral (84)3232-6389